Macron não é idiota, é hipócrita!

Enquanto Emmanuel Macron diz querer proteger a Amazônia Brasileira, apoia desmatamento na Guiana francesa.

0
1565

O presidente francês, Emmanuel Macron, fez ontem uma postagem em sua conta no Twitter cometendo alguns erros e mostrando sua hipocrisia.

A postagem é essa:

Além de Macron errar ao chamar a Amazônia de “pulmão do mundo”, pois o oxigênio produzido pela floresta é consumido por ela mesma, ainda utilizou de uma imagem tirada em 1989, cujo fotógrafo faleceu em 2003.

Porém, a grande hipocrisia de Emmanuel Macron, fica no fato de que ele, ao mesmo tempo que faz postagem querendo “proteger” a floresta, ele apoia um projeto chamado “Montanha d’Ouro”. Tal projeto visa a extração de ouro na Guiana Francesa.

Especialistas dizem que tal projeto vai desmatar uma área com cerca de 23 milhões de metros quadrados, ou seja, o equivalente a 2161 campos de futebol.

O próprio Ministro do Meio Ambiente da França, Nicolas Hulot é contra o projeto apoiado por Macron.

A Guiana francesa vive em tempos de desemprego e com promessas do governo francês em gerar empregos com o turismo, coisa que nunca aconteceu.

Trocando em miúdos, enquanto Macron quer “proteger” a Amazônia brasileira, esta namorando com o desmatamento na Guiana francesa de olho no ouro.

Ou será que esta de olho nos minérios daqui também? Pense nisso!

Fonte: http://br.rfi.fr/franca/20180511-guiana-francesa-divide-debate-publico-projeto-mineradora

Desmatamento na Guiana francesa

Uma análise feita pela Universidade de Puerto Rico, sobre o desmatamento no Suriname, Guiana Francesa, Guiana, Brasil, Equador, Peru, Colômbia, Venezuela e Bolívia, mostrou que de todos os países onde a floresta Amazônica está sendo destruída, o  Suriname e a Guiana Francesa são os maiores responsáveis.

Nestes dois países, 41 % de todos os danos para o chamado “pulmão do mundo”, teve lugar entre 2001 e 2013.

“O pior da questão é que uma parte significativa do desmatamento e mineração ilegal de ouro ocorre em áreas em que o país é considerado como muito importante, disse Laurens Gomes, representante de terras da (WWF), o Fundo Mundial para a Natureza, no Suriname.

O relatório diz que mais de 1.700 quilômetros quadrados de floresta tropical já foram perdidos entre 2001 e 2013. Gomes concorda que a mineração de ouro em pequena escala é de grande importância para a economia do Suriname. “O problema é que há pouco conhecimento e habilidades no setor para que os garimpeiros de ouro não precisem desmatar a floresta para procurar ouro”, explica a representante da (WWF).

Segundo Gerold Dompig, presidente da comissão para a organização do Setor de ouro no Suriname ( Goudsector in Suriname OGS), o Suriname sofreu um atraso enorme que custa dinheiro e tempo para se recuperar. “Se você há 10 anos não faz nada para definir as coisas e de repente quer mudar aí você têm uma indústria ilegal que emprega de 20.000 a 30.000 homens em todo o interior de quatro mil minas. Não podemos colocar tudo isso em ordem dentro de dois à três anos “, enfatiza Dompig.

Fonte: https://lpmnews.com/pesquisa-revela-que-o-suriname-e-a-guiana-francesa-sao-os-grandes-destruidores-da-amazonia/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here