Jornada de Trabalho de Promoção da Segurança e Defesa da Mulher é realizado pelo MJSP

0
55

O Ministério da Justiça e Segurança Pública realizou, nesta sexta-feira (16), a Jornada de Trabalho de Promoção da Segurança e Defesa da Mulher, com o objetivo de abordar temas sobre os direitos da mulher e o combate contra a violência doméstica. A realização dessa jornada é uma iniciativa do MJSP, por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), em parceria com a Secretaria Nacional de Justiça (Senajus) como resultado do  Pacto pela Implementação de Políticas Públicas de Prevenção e Combate à Violência contra as Mulheres.

Estiveram presentes na cerimônia de abertura, ministro da Justiça e Segurança Pública (MJSP), Sergio Moro, a  ministra da Mulher, Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Damares Alves, o secretário Nacional de Segurança Pública, Guilherme Theophilo, a secretária Nacional de Justiça, Maria Ilda Marsiaj Pinto, a secretária Nacional de Políticas para Mulheres do MMFDH, Cristiane Brito, e a secretária Executiva do MMFDH, Tatiana Alvarenga,  e cerca de 110 profissionais da área de segurança de todo o país.

Em seu discurso, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, falou da cooperação e integração para o enfrentamento da violência contra a mulher, “A oportunidade desse evento é reunir várias pessoas de diversas áreas para que possamos conversar, ouvir e construir propostas de políticas públicas consistente que sejam colocadas em prática”.

A ministra da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves afirmou que a celeridade com que o pacto foi construído, e que em menos de 10 dias já está com sua primeira entrega concretizada é que mostra que esse não é apenas mais um pacto ou mais um termo. “É plano concreto, sendo discutido com pessoas que entendem do assunto, que estão lá na ponta diariamente. Estamos todos juntos e vamos combater essa violência”, afirmou.

MATERIA_SITE_FOTOS002.png

Segundo o secretário Nacional de Segurança Pública, Guilherme Theophilo, a integração permite a construção de um importante trabalho, visando elaborar políticas públicas em defesa aos direitos da mulher. “Para que a gente possa ter um país seguro, onde a mulher se sinta segura é preciso que haja integração entre os órgãos de segurança, e juntamente com o Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos criar mecanismos que ajudem a evitar que os agressores se aproximem de suas vítimas”, disse o secretário.

Para a secretária Nacional de Justiça do MJSP, Maria Ilda Marsiaj, é uma satisfação ver a primeira ação implementada, após a assinatura do Pacto pela Implementação de Políticas Públicas de Prevenção e Combate à Violência contra as Mulheres.

“Trazer essa sensibilização às forças de segurança pública quanto a esse assunto é muito importante e necessário para que todos engajados nessa luta, somem esforços e adotem ações concretas para esse enfrentamento”, afirmou a secretária.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui